sexta-feira, 14 de janeiro de 2011

Daqui até a eternidade?

Já era quase de noitinha quando tudo aconteceu. Estávamos sentados no mesmo lugar de todos as noites. Tudo parecia normal, nada de diferente tinha acontecido até aquele momento. Ele parou na minha frente, abaixado, e pegou em minhas mãos.

Você confia em mim?

Lógico que confio, porque essa pergunta?

Precisava saber disso antes de te pedir uma coisa. – Com uma expressão meio confusa olho pra ele tentando entender do que se trata. – É, eu tenho um pedido pra te fazer, mas não pode ser aqui. Vamos comigo, quero te mostrar uma coisa.

Levante apressada e acompanhei-o. Quanto mais andávamos, mais ansiosa eu ficava. Queria entender ao certo do que se tratava, perguntas e pedidos vinham a minha cabeça mas nenhum deles pareciam certos. Comecei a ficar preocupada achando que alguma coisa havia acontecido, mas tudo logo passou.

Estavamos chegando à praia. E bom, não era só a mesma praia de sempre que freqüentávamos, era uma espécie de quarto a beira-mar. Tudo tava tão perfeito. (Era como se tudo o que eu havia sonhado para a nossa ultima noite juntos ali. Eu sabia que seria a ultima noite, estava prestes a me mudar, mas não tive coragem de contar). Ali tinham velas pelo chão iluminando o caminho até chegar à cama. A paisagem estava perfeita, o dia já estava indo embora e a noite mergulhava entre o sol, como se fosse uma bricadeira.

As cores do céu estavam mudando conforme nós dois íamos nos tocando. Ele me levou no colo e me deitou com cuidado em cima dos lençóis. Eu o olhava e não acreditava que tudo aquilo tava acontecendo de verdade, tocava seus cabelos enquanto ele beijava meu pescoço... E ali nós passamos a noite toda. Era como se nada mais existisse, éramos só eu e ele – como num sonho. As águas do mar cantavam e dançavam num ritmo perfeito.

– Eu te amo e quero saber se você quer viver comigo até, assim, a eternidade? – Ele olhou pra mim e as palavras saíram depressa de sua boca, como se tivesse medo de pronunciá-las. – Sei que eu não tenho muita coisa pra te oferecer, mas o que eu sinto é mais importante que tudo.

Tudo passou como um filme na minha cabeça logo que eu o olhei. Não sabia direito o que fazer afinal algumas horas depois eu estaria dentro de um avião indo pra bem longe dali. Mas ao olhar aqueles olhos azuis sorrindo pra mim, tudo mudou. Eu estava apaixonada e nada do que eu fizesse ia mudar isso, resolvi então tomar uma decisão.


____

Para o Bloínquês, fiquei com o segundo lugar :)

Obrigada a todos os que leram.

13 comentários:

  1. Adorei a história Amanda *-*

    Cada detalhe tá perfeito e spero que você tenha tomado a decisão certa :)

    essa história podia continuar né. *-*

    beijos e sempre que der vou passar por aqui :)

    ResponderExcluir
  2. Oooi to passando pra dizer que tem selo pra você lá no meu blog → http://juliane-bastos.blogspot.com/p/selos.html

    pega lá depois.

    beijinhuus ;**

    ResponderExcluir
  3. Oláá floor,adoooorei o blog, é muitoo liindo, parabééns! estou te seguindo, me segue?
    http://girls-sos-girls.blogspot.com/
    O meu blog é direcionado só as garotas, você vai amar!
    beijoos :* liinda

    ResponderExcluir
  4. AAAh! Que decisão? Super curiosa. Nossa. *-*

    ResponderExcluir
  5. Voooltando! Parabéns pra nós! Ficamos entre os três primeiros colocados na edição da semana do bloínquês - edição visual! Seguindo você!

    ResponderExcluir
  6. AAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAA que coisa linda! :'DD "Sei que eu não tenho muita coisa pra te oferecer, mas o que eu sinto é mais importante que tudo." LINDO LINDO.

    ResponderExcluir
  7. Que texto encantador!
    Eu adorei, muito lindo.
    Parabéns.

    ResponderExcluir
  8. Nossa, que lindo! *--------------------------*

    ResponderExcluir
  9. Vai ter continuação? E que decisão é essa? rs Quando amamos, o que mais importa para nós é a eternidade. O restante da vida é apenas consequência desse amor.

    Desculpe o meu sumiço. Agora que comecei a trabalhar as coisas andam bem corridas. Mas prometo que sempre que der, voltarei aqui.
    E, como você pediu o link do conto "O Admirador", tá aqui: http://oitoenove.blogspot.com/2010/09/o-admirador_23.html.

    Um beijo.

    ResponderExcluir
  10. muito lindo, gostei mesmo.

    Ahh, passei também pra dizer que indiquei um selo para você.

    ResponderExcluir
  11. O mais belo é que ficou riquíssimo em detalhes.
    Muito doce, Amanda!

    Parabéns pela conquista!

    Fique bem.

    ResponderExcluir
  12. Oiiiee...
    gostaria di convidar voxe a participar do concurso Crônicas & Romance!!!
    Escreva sua cronica e envie para nós, ke a avaliaremos com mto carinho!!
    Para ler mais sobre o concurso entre no site: http://clickdoblog.blogspot.com/2011/01/concurso-cronicas-romance.html

    Bjinhos...A Garota do blog
    (http://clickdoblog.blogspot.com/)

    ResponderExcluir

Volte sempre, querido(a) :}