segunda-feira, 30 de agosto de 2010

Carta para aquele amor


Passei horas e horas olhando pro envelope que chegou a minha porta na semana passada sem saber o que fazer. Peguei-o na mão varias e varias vezes, chorei muito também, e percebi que deveria responder para você. Sei que já faz certo tempo depois da ultima carta que trocamos, gostaria até de te pedir desculpas pela demora.

Aconteceram muitas coisas aqui depois que você partiu, e você deve imaginar isso. Mas não escrevo agora para falar de como anda a minha vida. Sei que deveria começar dizendo que estou bem, que todos estão bem também, deveria ter contar da faculdade, do trabalho, e terminar dizendo o quanto eu ainda te amo. Ah, e claro responder o que você dizia na carta.

Não vou negar que sinto muito a sua falta. Também não vou ignorar tudo o que eu ainda sinto por ti, mas a vida anda me levando para caminhos diferentes. Lembra de todos aqueles nossos sonhos incríveis? Eles ainda existem sim, mas aos poucos novos sonhos vão se tornando prioridade.

Você acredita que todas as noites de lua cheia eu me encontro parada olhando pra ela e com lágrima nos olhos? Não sei se isso acontece com você, mas eu ainda cumpro aquela nossa promessa de sempre olhar a lua. Bobagem de criança pode até ser, mas eu ainda me sinto perto de ti ao fazer isso.

(Lágrimas em cima do papel embaçam as letras escritas com dificuldade)

Ainda não entendo o porquê de tudo acabar. O nosso amor sempre foi tão lindo e perfeito, mas agora só sobraram as magoas. Lágrimas ainda caem dos meus olhos sem eu ao menos perceber. Sei que já se passou certo tempo, mas ao ver aquele envelope eu não conseguir me conter. Passei noites e noites sem dormir, pensando em você. Lembrei de todos os mínimos detalhes, dos seus carinhos, dos seus beijos, dos seus abraços...

Talvez eu tenha cometido o maior erro da minha vida, mas eu decidi que não leria aquela carta. Seria melhor deixar tudo como estava. Eu tava conseguindo seguir a diante, como você sempre quis e me pediu. Desculpe mesmo por isso.

Sei que se continuasse com essa sua carta aqui, eu não iria resistir e em algum momento eu a leria. Então ela vai junto dessa, fechada como você mandou. E eu nunca vou saber o que estará escrito, mas de qualquer forma, nunca se esqueça do quanto eu te amei e de como eu sempre vou te amar – pro resto da minha vida.

Adeus meu amor.

Pauta pro Bloínquês

30º edição conto/história

p.s.: Quero pedir desculpa se não tiver muito bom. :x

22 comentários:

  1. Que lindo, sem mais palavras.
    Chorei lendo aqui, fato
    "Não vou negar que sinto muito a sua falta. Também não vou ignorar tudo o que eu ainda sinto por ti, mas a vida anda me levando para caminhos diferentes. Lembra de todos aqueles nossos sonhos incríveis? Eles ainda existem sim, mas aos poucos novos sonhos vão se tornando prioridade."

    Me sinto assim, identifiquei-me com essa parte..

    ResponderExcluir
  2. ah, essas cartas, sou apaixonada por elas *-*
    nesse caso, não ler foi uma fuga muito corajosa, fico pensando o que estaria escrito ali, talvez um convite pra olhar a lua cheia juntos.

    aliás, sou apaixonada pela lua, meus olhos brilharam ao ler: "Você acredita que todas as noites de lua cheia eu me encontro parada olhando pra ela e com lágrima nos olhos? "

    sou eu rs ;D

    beijos, mandy ♥

    ResponderExcluir
  3. Cara, me surpreendeu. Tá explicado porque o Rodolpho dedicou aquele primeiro post a você. Vou te seguir e vou responder aquele seu ps: Não acho que ficou bom, ficou excelente.

    Abraço

    ResponderExcluir
  4. MEU DEUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUS , QUE LINDO! como todos os outros ne :d

    ResponderExcluir
  5. Excelente blog

    Caminharei sempre por aqui!!!!

    ResponderExcluir
  6. Aah, será que na vida real essa carta realmente permaneceria fechada/preservada? De qualquer modo, ficou muito bem casado com a idéia e os sentimentos depositados no texto.

    Tenho certeza de que você irá conseguir uma boa colocação! O importante é você estar sempre por aqui!

    Parabéns! ;*

    ResponderExcluir
  7. Nossa que intensa, nem tenho o que dizer, é sentimento demais descrito aqui!
    Lindoo!

    Amei o blog!


    bjos

    ResponderExcluir
  8. desculpas se não estiver muito bom? realmente não está muito bom, está perfeito! kkk
    adoro suas palavras!
    muito obrigada pelo comentário no meu blog, é muito bom ter você por lá.. de verdade!
    até o proximo post!

    ResponderExcluir
  9. DEIXEI UM SELINHO PRA VOCE NO MEU BLOG , DA UMA OLHADINHA LÁ ... ^^

    Beijos e adoro teu blog ..
    Lary ♥

    ResponderExcluir
  10. Oi minha amiga querida!
    Está lindo teu texto, tenho certeza que se saíra muito bem!!! Não tem como não estar emocionante, ele transmite tudo o que seu coração "grita".
    Desejo tanto um final feliz para você, para sua história. Torço muito para que tenha uma sorte melhor que a minha. E se novos sonhos estão nascendo, dê asas a eles! Vá em busca do que vai te fazer feliz.
    Muitos beijos com saudades.
    Gi.

    ResponderExcluir
  11. Mandyy!! Mais um texto perfeito heim?! ler o que vc escreve sempre me faz refletir sobre mim mesma, e tantos sentimentos misturados que existem aqui dentro! O seu texto ficou muito lindo mesmo, cheio de emoções e sentimentos que transbordam... adoreii!!!

    Beijos querida :*

    ResponderExcluir
  12. Muito linda a carta! E a atitude de não abrir a outra carta me surpreendeu, eu não conseguiria.

    ResponderExcluir
  13. Aham!
    Como assim se não estiver bom?
    Que texto seu não fica bom amiga... HAhahah'
    Amei muuuuuuito lindo, trouxe lagrimas aos olhos...

    Bjs

    ResponderExcluir
  14. Ah eu quero o livro que tu tah lendo eu to lendo um parecido é "Cartas de amor de homens notaveis"
    È tão maraa *--*
    HAhhaha

    Bjs again!

    ResponderExcluir
  15. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  16. Adorei o blog, tudo lindo e perfeito. Parabéns! Estou seguindo.

    beeeijos

    ResponderExcluir
  17. o pior é que o 'adeus' quando ainda se ama nunca é verdadeiro.

    ResponderExcluir
  18. Dizer adeus com vontade de ficar...


    Lindo flor, boa quarta!!!

    beijão

    ResponderExcluir
  19. Oiii!! lindo texto, lindo blog! :) difícil dizer adeus quando se quer ficar, né? ;~

    http://amargo-emeio.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  20. Lindo texto! =)
    Não ficou muito bom?
    Ficou MARAVILHOSO! (:

    ResponderExcluir

Volte sempre, querido(a) :}