quinta-feira, 9 de setembro de 2010

“Eu só liguei pra dizer que sinto a sua falta.”

- Alô?

- Acho que você já deve imaginar quem é. Tô ligando pra dizer que sinto a sua falta... Outro dia passei por aquele nosso lugar mágico e lembrei como éramos felizes. Cada detalhe veio a minha cabeça, cada palavra dita, cada promessa feita. Sei que deveria ter esquecido você, seguido a minha vida, mas parece que isso não é possível. (...) Calma, não desliga, ainda tenho algumas coisas pra falar. Sei que você talvez nem queira ouvir o que eu tenho a dizer, por vários motivos e até mesmo por já ter ouvido tudo outras vezes, mas é importante isso pra mim agora. Não sei se te mostrei o quanto és importante pra mim, se não mostrei peço desculpas. Espero que você imagine, pelo menos. Achei que podia viver sem você, tive quase certeza; mas então os dias foram passando e com eles a saudade foi aumentando, e a dor foi chegando. Cheguei a correr pela rua atrás de algumas respostas, atrás de algum caminho pra poder chegar até você, mas tudo foi em vão. Procurei em outros olhares o brilho único do seu olhar, procurei nos sorrisos a sinceridade do seu. Tentei voltar a sorrir por coisas bobas que nós sempre riamos juntos, mas o que veio foram as lágrimas. Tentei sentir o calor do seu abraço nos braços de outras pessoas, mas ninguém nunca aprendeu a me abraçar do jeitinho que você sempre fazia. Andei pela chuva tentando sentir aquela felicidade de uma criança à brincar, mas as gotas da chuva se misturaram com lágrimas salgadas de tristeza e saudade. Desculpa, não queria que tudo fosse desse jeito. Não queria ter te magoado, não queria ter feito você chorar, não queria ter visto você ir embora. (som de um choro bem baixinho) Se pudesse voltar no tempo, ou só escolher um único momento pra reviver escolheria aquela tarde que ficamos juntos. Lembra do amarelo das flores, do verde das folhas e do som dos pássaros? Sonhei com esse dia ontem, corri até lá, mas você não estava lá me esperando com um simples e pequeno girassol na mão. Chorei muito ao voltar pra casa... (com muita dificuldade, continuo falando) Eu só liguei pra dizer que sinto a sua falta.

- Eu não ia desligar sua boba. É bom ouvir a sua voz de novo, você nem imagina o quanto é bom. Também senti a sua falta, também sonhei com você ontem, também fui lá e te vi. Nossa você tava tão linda com aquela blusa que eu te dei. Queria sair correndo pra poder te falar o quanto eu tava com saudade de ver você também, e de como você faz falta nos meus dias e noites. Aquele dia que eu fui embora foi o pior dia da minha vida. Meu coração ficou partido por ver você chorando, por ter deixado você. Mas foi o melhor pra nós dois naquele dia. Você aprendeu/entendeu que não vive sem mim, e eu sempre soube que não saberia levar a vida sem você. Posso te fazer um convite?

- Pode sim, claro que pode.

- Quero que você faça uma coisa pra mim. Vai até aquele nosso lugar mágico, pega um girassol, o mais bonito que você encontrar, e depois vem ao meu encontro. Não pude contar antes, mas eu ando um pouco doente. Terei de viajar pra fazer o tratamento certo. Vem comigo? Vem viver comigo, vem casar comigo, vem ter filhos comigo, vem me fazer o homem mais feliz do mundo. Vem, e trás pra mim, a melhor lembrança que nós dois vivemos aqui. Porque a partir dela eu espero construir muitas outras. Estou te esperando meu amor.

(tu-tu-tu)

É claro que eu sai correndo o mais rápido que eu pude em direção aquele campo de girassóis, afinal a nossa primavera havia só começado.

Pauta pro Bloínquês

33ª edição visual

13 comentários:

  1. que lindo :') da muita vontade de chorar no começo , hahahaha É, as vezes precisamos de algumas atitudes importantes pro amor dar certo

    ResponderExcluir
  2. Muito bonito... A vontade que se tem ao fim do texto é que a primavera deles dure por uma vida inteira. xD

    Gostei do espaço aqui... Vou acompanhar. ^^
    Tenho um blog tbm, se tiver tempo passa la e me segue se gostar do q encontrar:

    http://codignolle.blogspot.com

    ResponderExcluir
  3. Ai que vontade de despejar tão belas palavras assim. E ouvir outras tão doces quanto as que ela ouviu...

    ResponderExcluir
  4. que liiiiiiiindo - bela concorrente você né (:
    textos perfeitos, como você escreve bem garota ♥

    ResponderExcluir
  5. Até agora tô pensando no que comento aqui... simplesmente adorei o texto, pude ver todas as cenas e sentir a emoção dos personagens.
    Que essa primavera dure para sempre...
    Lindimais, hehe

    Bjs =)

    ResponderExcluir
  6. Que perfeito, sem essas atitudes o amor nunca pode dar certo ne!

    Beijos

    ResponderExcluir
  7. Olá, como vai? Eu queria convidar você que gosta de escrever - blogueiros ou não - para participarem do projeto "De onde veem as letras?".

    A cada semana são dois desafios: um de leitura de imagens e um outro variado. E a cada semana teremos dois vencedores: um blogueiro e um outro não-blogueiro. E os textos serão publicados no blog: http://deondeveemasletras.blogspot.com/

    Para se cadastrar e saber mais informações visite nossa comunidade: http://www.orkut.com.br/Main#Community?cmm=106177803

    Obrigada!

    ResponderExcluir
  8. Muito delicado o seu texto! É sempre um prazer ler coisas tão lindas, Mandy! Parabéns! (:
    E é claro, que vou seguir você!
    Beeijos

    ResponderExcluir
  9. Sempre que eu leio textos sobre fim de relacionamento, eu vejo como se fosse o meu, já sinto saudade do fim antes do tempo. Choro às vezes. Mas me recupero logo, pois sei que o meu ainda não teve fim e que seja assim, por um bom tempo :)

    Estava com saudades daqui!
    Um beijo.

    ResponderExcluir
  10. Quero uma proposta dessa, espero que não leve tanto tempo para que ela apareça. Lindo demais o texto. Encantador.

    ResponderExcluir
  11. Nossa que perfeitooo.Delicado e sincero...amei seguiiindooo

    ResponderExcluir
  12. Oi Mandy,
    que saudadessssssssssss de você e daqui do seu cantinho!!!!
    Desculpa a minha ausência.
    Nossa! Adorei seu texto. Aaaaaaaaaamoooooooo Finais Felizes!!! hehehe
    Queria um assim p/ mim.
    Beijos,
    Gi.

    ResponderExcluir
  13. Muito lindo o texto. Me prendeu do início ao fim.

    Parabéns pelo blog!
    Estou seguindo.

    Beijos

    ResponderExcluir

Volte sempre, querido(a) :}